PENTECOSTES: Tempo de celebrar e clamar a Força do Alto

pentecostes

A Igreja se prepara para a grande celebração de Pentecostes, através de um tempo forte de intensa oração e reflexão. O Espírito Santo é o grande dom do Ressuscitado, comunicado por Ele mesmo aos discípulos e a todo povo de Deus.

No Brasil, a CNBB propõe neste tempo uma Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, expressando assim, que a força do Espírito é capaz de harmonizar e gerar unidade entre aqueles que professam a mesma fé, no Cristo Ressuscitado.

Ao mesmo tempo, as comunidades espalhadas pelos diversos lugares do Brasil, honram através de sua cultura e dos costumes da região, a figura do Divino Espírito Santo, presente em dois grandes símbolos da Escritura; quando o Espírito se manifestou de modo visível, conforme o relato dos autores sagrados: no Batismo de Jesus, como pomba e na Vinda do Espírito sobre os Apóstolos, no dia de Pentecostes como Línguas de Fogo. Estes dois elementos são representados na Bandeira do Divino, através do vermelho, que é a cor do fogo e da pintura ou bordado da pomba branca.

Por meio destes sinais e das muitas propostas de oração e celebração, somos convidados a nos preparar e a bem viver a Festa de Pentecostes, renovando nossa confiança na força e no poder de Deus, manifesto no seu Espírito Santificador. É pela força do Espírito Santo, que a Igreja realiza a sua missão, pois é Ele quem tudo se faz nela e por meio dela; e é o poder do Espírito Santo que tudo realiza através da fé dos crentes e do magistério católico em favor do povo de Deus.

Deste modo, oração e Invocação ao Divino Espírito Santo devem ser uma constante em nossas vidas. Devemos invoca-lo em todos os momentos, em cada circunstancia, para que antes de nossas vontades, seja Ele o doador e o inspirador de nossas ações. A Beata Elena Guerra, chamada de Apóstola do Espírito Santo costumava dizer que:

Não foi somente sobre os apóstolos que desceu o Espírito Santo, como se mostrou também por meio de sucessivas aparições nos dias que se seguiram a Pentecostes, mas vem para todos os fiéis, em todos os lugares, em qualquer idade, basta que o queiram, que o invoquem e lhe deem lugar no próprio coração.

Portanto, renovemos nossa fé e nossa confiança na FORÇA DE DEUS que nos foi comunicada pelo seu Filho, e sustentados por ela prossigamos a nossa caminhada de fé com entusiasmo e alegria, pois uma vez que o Senhor nos sustenta, não há motivos para que deixemos o entusiasmo nem a alegria, ainda que por um só dia.

Que o Espírito Santo, a partir da celebração deste Pentecostes, nos ilumine e fortaleça ainda mais na luta pelo bem e pela paz.

Alegri@