É fácil trabalhar com este Papa? Francisco brinca com um grupo de bispos

PapaFranciscoyunobispo_MarcoMancini_ACIPrensa_22052017

VATICANO, 23 Mai. 17 / 02:00 pm (ACI).- O Papa Francisco se encontrou na segunda-feira com os bispos italianos no marco de sua assembleia plenária que elegerá um novo presidente e com os quais conversou em privado.

Após a oração introdutória, o Santo Padre agradeceu ao atual líder da Conferência Episcopal Italiana (CEI) e Arcebispo de Gênova, Cardeal Angelo Bagnasco, “pelo serviço na presidência e também pela paciência que teve comigo”.

“Não é fácil trabalhar com este Papa. Posso dizer que nos queremos bem e é uma amizade bonita”, brincou o Pontífice.

O Papa, que irá à sede do Cardeal Bagnasco no próximo sábado, 27 de maio, seguiu com as brincadeiras com ele e lhe disse: “Tenho apenas um receio: quanto me fará pagar no próximo sábado para entrar em Gênova”.

 

Em seguida, Francisco disse aos bispos que preferiu entregar-lhes o texto que havia preparado para a ocasião porque, depois de “lê-lo e relê-lo, me dei conta de que é mais uma meditação”, por isso, “decidi deixa-lo com vocês, para que o levem e o meditem. É um serviço”.

É um texto “feito com a vontade de ajudar a Conferência Episcopal a seguir e dar mais frutos”. Nele, o Pontífice faz uma reflexão sobre a necessidade de os viverem a abertura aos dons do Espírito Santo.

O Santo Padre incentivou os bispos a terrem um “diálogo sincero”, porque isso “faz bem”.

“Quando há diálogo não se semeia ‘disse me disse’”, por isso, Francisco disse estar disposto a “ouvir opiniões que não são agradáveis com toda liberdade”, porque “uma das definições mais belas do Papa é a de servo de Deus”.

Para concluir o encontro, o Santo Padre voltou a brincar e, como costuma se fazer antes do início de cada conclave para eleger um Papa, Francisco disse: “agora, solenemente, extra omnes”.

Extra omnes significa “todos fora” e é a frase com a qual se convida a sair todos aqueles que não são cardeais e que não participam no conclave para eleger o sucessor de São Pedro.

Nesta assembleia, será eleito o sucessor do Cardeal Bagnasco que presidiu a CEI durante 10 anos. Os prelados apresentarão três nomes ao Papa, o qual elege diretamente o bispo para o cargo, podendo ser alguém diferente dos sugeridos.

 

Fonte ACI Digital