Categoria - Formação

A Liturgia Romana Pura (séculos V, VII, VIII)

Concilio-de-Nicea
 Este período “trata-se da época mais rica da Igreja Romana, época clássica, madura, anterior a sua fusão com as formas franco-germânicas.Conhece-la não é coisa fácil, porque quase todos os documentos que se referem são de épocas posterior ou, pelo menos,...

Criação das formas litúrgicas ocidentais

Cantori
Com o passar do tempo a língua latina se torna usada em quase todos os lugares, de forma principalmente a partir do século IV. Neste período também se observa um movimento litúrgico no ocidente, a partir deste movimento surgem diversos elementos eucologic...

PENTECOSTES: Tempo de celebrar e clamar a Força do Alto

pentecostes
A Igreja se prepara para a grande celebração de Pentecostes, através de um tempo forte de intensa oração e reflexão. O Espírito Santo é o grande dom do Ressuscitado, comunicado por Ele mesmo aos discípulos e a todo povo de Deus.No Brasil, a CNBB propõe ne...

Oração Eucarística nos primeiros séculos

a91d3a72-43a7-43f0-bb4c-14616f0560fd
A oração de Ação de graças é a parte mais importante na Celebração que o presidente da assembleia eleva “pro viribus”. Precisamos levar em consideração a prece de “agradecimento”, de benção, de eulogia, eucaristia, que aparece pela primeira vez na tradiçã...

A celebração eucarística nos séculos II e III

O Convite (ágape ou ceia cristã) (século II ou III), afresco das catacumbas de Priscila.
Borobio em seu livro a celebração na Igreja faz um ótimo trabalho ao falar sobre a eucaristia na era dos mártires. Ele nos mostra que nos primeiros séculos os cristãos conhecem um tríplice momento evolutivo em relação a celebração eucarística (Cf BOROBIO ...

Liturgia nos sécs. II – III

papyrus-p66
A partir do final do século I e nos Séculos II e III, foram os Padres Apostólicos que deixaram escrito as informações sobre a liturgia cristã: temos a Didaquê (Διδαχń, "ensino", "doutrina", "instrução" em grego clássico), Clemente Romano, Inácio de Antioq...