Dom Francisco Borja do Amaral

Dom Francisco BorjaDom Francisco nasceu em Campinas-SP no dia 10 de outubro de 1898. Foi ordenado presbítero no dia 15 de agosto de 1922. Como sacerdote desempenhou as seguintes funções: Coadjutor de Itapira e Vigário Cooperador de Mogi Mirim. Em 1924 foi nomeado Diretor Espiritual do Seminário Menor de Campinas.

Em 1926 foi nomeado Vigário da Paróquia do Senhor Bom Jesus de Piracicaba, onde permaneceu por seis anos. Depois de um período de enfermidade, e afastado de suas funções de vigário, foi nomeado para a Matriz de Nossa Senhora do Carmo em Campinas, igreja onde fora batizado. Em todos os lugares onde exerceu seu ministério, sempre se mostrou um exímio pastor.

No ano de 1933, foi nomeado Cônego do Cabido Catedralício de Campinas, permanecendo à frente da Paróquia de Nossa Senhora do Carmo, no qual realizou um grande empreendimento, reconstruindo totalmente a Igreja de Nossa Senhora do Carmo, fazendo dela um grande templo em estilo gótico como é atualmente.

No dia 24 de dezembro de 1940, foi nomeado pelo Papa Pio XI como o primeiro Bispo da Diocese de Lorena, escolhendo o lema

Gloria Deo, pax hominibus

Foi sagrado bispo por Dom Francisco de Campos Barreto, Bispo de Campinas, no dia 16 de fevereiro de 1941.

Tomou posse solenemente na Catedral de Nossa Senhora da Piedade no dia 23 de março de 1941. Como primeiro bispo de Lorena teve que organizar o novo bispado, a cúria e todo o patrimônio deixado pelo Conde José Vicente de Azevedo, grande benfeitor lorenense.

Ainda como bispo de Lorena, Dom Francisco organizou as associações religiosas, fundou a Ação Católica e promoveu obras assistenciais. Promoveu na Diocese um Congresso Eucarístico, fomentando nos fiéis grande devoção eucarística.

Foi transferido para a Diocese de Taubaté-SP em 1944, sucedendo Dom André Arcoverde Albuquerque Cavalcanti, tomando posse na Catedral de São Francisco das Chagas no dia 8 de dezembro de 1944. Permaneceu como Bispo Diocesano de Taubaté por 32 anos até sua renúncia em 1976, quando seu Coadjutor Dom Antônio do Couto, SCJ, assumiu definitivamente a sede taubateana. Dom Francisco faleceu no dia 1º de maio de 1989 em Taubaté, e no dia 2 de maio seu corpo foi transportado para Campinas, onde foi sepultado.

Data de Nascimento: 10/10/1898

Ordenado Padre em: 15/8/1922

Ordenado Bispo em: 16/2/1941

Data de Óbito: 1/5/1989